Paulo da Veiga Ferreira Mendes Junior - Doctoralia.com.br

Dicas para se prevenir de várias doenças no carnaval

Home / Blog / Dicas para se prevenir de várias doenças no carnaval
Dicas para se prevenir de várias doenças no carnaval

Dicas para se prevenir de várias doenças no carnaval

Estamos em temporada de carnaval, muitos aproveitam para sair, dançar, beber e namorar, mas isto pode trazer algumas consequências, por isto o melhor de tudo é aproveitar o carnaval com alguns cuidados.

Um dos riscos é um prejuízo na audição devido a exposição aos ruídos altos das caixas de sons, rojões e como também as infecções de ouvido após ficar um tempo na piscina ou praia que infelizmente não estão adequadamente limpas.

Por isto, evite ficar próximo das caixas de som.

Perda auditiva Transitória X Surdez  permanente

Ao perceber que a audição já está abafada ou apresentando um zumbido, cuidado, isto já pode ser considerada uma perda auditiva. Normalmente é transitória, ou seja, passará em poucos dias, mas se continuar exposto a lugares barulhentos, não ficar algumas horas em ambiente com um ruído adequado ou silencioso, isto pode gerar uma perda auditiva definitiva.

Reserve um tempo adequado para dormir, pois o sono é um grande aliado a nossa qualidade de vida como também a nossa imunidade ou seja terá menor chance de contrair infecções durante o carnaval.

Dicas de cuidados com a garganta e a voz 

Além disto, muitas pessoas sofrem com a rouquidão e/ ou com dores de garganta:

E a principal causa da disfonia ou rouquidão é o abuso vocal, que é quando a pessoa fala prolongadamente, sem ficar em silêncio; grita ou fala mais alto do que o seu habitual, e isto agredindo as cordas vocais. E se estes episódios forem frequentes e/ou intensos podem provocar lesões como os nódulos vocais ou os famosos calos nas cordas vocais.

E como no carnaval, as pessoas tendem a exagerar no tabagismo e principalmente na ingestão de bebidas alcoólicas, estes componentes podem agredir as cordas vocais, provocando lesões agudas e até lesões crônicas se forem usadas prolongadamente como câncer de laringe.

Aconselho, beber muita água e se possível de temperatura ambiente, ficar um tempo sem falar para repousar a garganta e quando se alimentar, procurar comida mais saudável para evitar o refluxo gastro esofágico e isto te gerar azia e consequentemente queimar a região da  garganta

Procure um médico otorrinolaringologista para problemas de ouvido,  garganta e nariz.

Apresentando uma diminuição da qualidade vocal com ou sem dor de garganta, é importante consulta um otorrinolaringologista que fará um exame simples no próprio consultório que é a videolaringoscopia que o permitirá avaliar como estão as cordas vocais e assim poderá indicar um tratamento mais eficaz que com certeza será acompanhado de um repouso vocal ou seja a necessidade de ficar em silêncio alguns dias

Dr. Paulo Mendes Jr – CRM 22667

CRM/PR 22667 RQE 16683

Otorrinolaringologista em Curitiba – Hospital IPO

tel: 41 – 3093 – 9796 / 41 – 3314-1500

Facebook e Youtube: Dr. Paulo Mendes Jr – Otorrino Curitiba

www.drpaulomendesjrotorrino.com.br

: otorrino em curitiba, otorrino unimed curitiba, vacina para a rinite, medico vacina para rinite, hospital ipo curitiba, otorrino  particular curitiba, otorrinolaringologista em curitiba, vacina para rinite em curitiba