Tratamento de Anosmia e Hiposmia em Curitiba

Hiposmia e anosmia: saiba os sintomas, causas e tratamentos

Com a chegada do coronavírus, distúrbios do olfato como a hiposmia e anosmia tornaram-se mais comuns. Isso porque, eles se referem a perda total ou parcial do olfato e alémdisso a alteração nas percepções gustativas. Quer entender mais sobre esses distúrbios tão comuns na época da pandemia?

Neste texto vamos explicar o que são os dois distúrbios. Vamos mostrar quais são os sintomas e as causas. Posteriormente, explicaremos quais são os tratamentos e qual a relação com o novo coronavírus. Confira.

O que são Hiposmia e anosmia?

Como já foi dito hiposmia e anosmia são distúrbios que alteram o olfato. Enquanto a hiposmia se refere a perda total do olfato humano, a anosmia se refere a perda parcial do sentido. Além de alterar significativamente o olfato, ambos os distúrbios podem alterar também a percepção de sabores.

Dessa forma, os pacientes que tem algum dos dois distúrbios podem não sentir o gosto dos alimentos, perder o apetite e o prazer com a alimentação. Sendo assim, esses distúrbios podem ser sinal de coronavírus e além disso de outras doenças como o Alzheimer (DA).

tratamento da anosmia em curitiba hiposmia sentir cheiro especialista

Quais são os sintomas?

Como já foi dito, ambos os distúrbios podem ser consequência de alguma outra doença. Sendo assim, a perda parcial ou total do sentido olfativo é determinante aqui. Além disso, o distúrbio pode ainda afetar de forma significativa a capacidade de sentir gostos.

Quais são as causas?

Várias podem ser as causas dos dois distúrbios. Porém os mais comuns são:

Problemas com o revestimento interno do nariz

Diferentes problemas podem irritar temporiamente ou permanentemente as membranas da mucosa (estruturas que revestem o nariz). São elas:

  • Rinite não alérgica;
  • Gripe;
  • Rinite alérgica;
  • Sinusite aguda;
  • Resfriado comum.

Danos no cérebro ou nervos

Quando os receptores do revestimento mucoso do nariz (estruturas que enviam informações através do cérebro) são danificados, a pessoa pode perder o sentido do olfato. Isso pode ser resultado de:

  • Lesão na cabeça;
  • Lesão traumática cerebral;
  • Deficiência de zinco;
  • Rinoplastia;
  • Esquizofrenia;
  • Doença de Parkinson;
  • Esclerose múltipla;
  • Radiação;
  • Doença de Alzheimer;
  • Tumor cerebral;

Obstruções das passagens nasais

Nesse caso há somente a perda temporária do olfato, quando algo está bloqueando fisicamente o fluxo de ar do nariz. Isso acontece quando há:

  • Pólipos nasais;
  • Deformidades ósseas dentro do nariz;

Como é o diagnóstico?

Caso os distúrbios sejam causados por alergias, resfriados e sinusites não há com o que se preocupar, porém quando há indícios de outras doenças que tem os distúrbios como sintoma é necessário consultar um médico. Para diagnóstico correto dos distúrbios tanto o otorrinolaringologista como clínico geral podem pedir os seguintes exames:

  • Raio- X;
  • Teste para saber se a pessoa consegue sentir determinados odores;
  • Exames de sangue.

Quais os tratamentos?

A depender da causa dos distúrbios, o tratamento será diferente. Sendo assim, em casos simples (como resfriados, gripes, alergia ou sinusite) os tratamentos comuns são:

  • Descongestionantes;
  • Antibióticos;
  • Reduzir a exposição a substâncias que causam alergias;
  • Anti-histamínicos;
  • Sprays nasais descongestionantes.

Já em suspeitas de outras doenças, é preciso sempre consultar o médico para identificar qual a doença primária e qual o tratamento necessário.

Qual a relação com o novo coronavírus?

tratamento anosmia curitiba

Tratamento de hiposmia e anosmia em Curitiba

Como já foi dito, os distúrbios de hiposmia e anosmia podem ser sintomas do novo coronavírus. Sendo assim, quando há perda olfativa devido a COVID-19, é preciso o diagnóstico por meio de testes sorológicos ou RT-PCR.

Diferentemente das outras doenças, com o coronavírus a perda olfativa acontece de forma mais abrupta. A causa disso ainda não está muito clara para a comunidade médica, mas a suspeita é que o vírus afeta as células responsáveis pelo paladar e olfato.

Isso faz com que a perda do paladar e olfato sejam abruptas e persistam até muito tempo depois de curado o coronavírus. Por isso, o ideal é seguir todas as recomendações médicas para que sejam evitados maiores danos a longo prazo para sua saúde.

Ao longo deste texto explicamos tudo sobre hiposmia e anosmia. O que são os dois distúrbios, quais são os seus sintomas e causas. Explicamos que ambos causam a perda parcial ou total do olfato e que por isso se tornaram tão comuns no período de pandemia. Além disso, mostramos quais são os tratamentos para os distúrbios.

Gostou de entender mais sobre esses distúrbios? Então não deixe de acompanhar outros textos do nosso site!

Abrir Whatsapp
1
Agende sua consulta
Clique abaixo para saber mais detalhes pelo WhatsApp.