Vacina de Imunoterapia para Rinite em Curitiba

Vacina para rinite em Curitiba: como funciona, quais efeitos colaterais e como funciona

A vacina para rinite, também chamada de vacina antialérgica ou imunoterapia específica é um tratamento à base de alérgenos capaz de controlar ascrises de pessoas com rinite alérgica. Esse tratamento é utilizado em pessoas que tem reações alérgicas exageradas a alguns componentes presentes no ar.

Quer entender mais sobre essa imunoterapia? Neste texto explicaremos tudo sobre o tratamento! Primeiramente, explicaremos de forma breve o que é rinite alérgica e depois mostraremos como usar a vacina antialérgica. Depois, mostraremos quem pode realizar o tratamento e se existem efeitos colaterais. Por fim, diremos se a vacina realmente funciona e se ela é acessível.

vacina para rinite em CuritibaO que é rinite alérgica?

A rinite alérgica é caracterizada pela inflamação das mucosas do nariz. Ela é a reação imunológica do corpo aos alérgenos presentes no ar (os mais comuns são o pólen, o pó e alguns alimentos). Os sintomas mais comuns de uma crise de rinite alérgica são obstrução nasal, espirros, coceira no nariz e coriza.

Quando o paciente tem rinite alérgica, alguns tratamentos são recomendados, como uma melhor higienização do ambiente e medicamentos. Caso os tratamentos anteriores não tenham resultado, é comum o médico indicar o uso de vacinas antialérgicas.

Como funciona o tratamento?

Essa vacina é feita a base do alérgeno causador da alergia. Com ela, é possível modificar aos poucos o sistema imunológico do paciente para que ele seja mais resistente as crises alérgicas. Por esse motivo, somente uma aplicação da vacina não é o ideal para o tratamento.

Sendo assim, é aplicada uma dose inicial que deve ser adaptada de acordo com a sensibilidade do paciente ao alérgeno. Depois, são aplicadas doses aumentadas progressivamente em intervalos regulares até ser necessário somente aplicar doses de manutenção.

Quem pode fazer o tratamento?

Como foi dito no primeiro tópico, quando o tratamento com medicamentos e higienização do ambiente não são o suficiente para diminuir as crises de rinite alérgica, o médico pode sugerir o uso da vacina antialérgica. Sendo assim as pessoas que podem realizar o tratamento são:

  • Pessoas que não podem tomar medicamentos a longo prazo;
  • Quando além de rinite, a pessoa também tem asma;
  • Efeitos colaterais ao tratamento com medicamentos;
  • Quando os remédios e medidas preventivas não forem o suficiente.

Por outro lado, o tratamento não é indicado para pessoas com distúrbios psíquicos graves que necessitam de betabloqueadores adrenérgicos ou doenças autoimunes. Pessoas com asma que são dependentes de corticoides, grávidas e pacientes com dermatite atópica grave.

Existem efeitos colaterais?

É muito comum existirem alguns efeitos colaterais no local em que foi injetada a vacina. Porém, é o médico que indicará se essa reação deve ser ou não motivo de preocupação, além de definir qual é a dosagem certa. Além disso, outros efeitos são raros e costumam aparecer e desaparecer minutos depois da aplicação.

Somente em casos extremamente raros há a anafilaxia após a aplicação. Esse efeito costuma também aparecer somente em pacientes com doenças anteriores, como é o caso de pessoas com problemas cardiovasculares.

A vacina para rinite realmente funciona?

A vacina antialérgica não garante a cura total da rinite alérgica. Isso porque ela somente atenua a sensibilidade que a pessoa tem ao agente causador da alergia, detectado previamente por meio de exames. Sendo assim, a doença não é curada totalmente, mas pode ser atenuada a ponto de não ser mais capaz incomodar o paciente.

vacina para aumentar imunidade de rinite em curitiba

O tratamento é muito caro?

Apesar de ser considerada cara à primeira vista, a vacina antialérgica tem ótimo custo benefício. Isso porque, ela evita gastos com medicamentos e idas recorrentes ao hospital para tratar as crises alérgicas. Sendo assim, ela pode trazer melhor qualidade de vida para o paciente por um custo benefício mais acessível.

Ao longo deste texto mostramos tudo sobre a vacina para rinite. Começamos explicando que o tratamento é aplicado em casos de pessoas que tem rinite alérgica, condição que inflama as mucosas do nariz e dificulta a respiração. Logo após, mostramos quais são os efeitos colaterais da vacina e se ela realmente funciona. Por fim, dissemos que apesar de parecer caro à primeira vista, ela evita a ida ao médico e o uso de remédios.

Gostou de entender mais sobre essa imunoterapia? Então não deixe de acessar nosso texto sobre os diferentes tipos de rinite!

AGENDE SUA CONSULTA
Abrir Whatsapp
1
Agende sua consulta
Clique abaixo para saber mais detalhes pelo WhatsApp.