Tratamento de Redução da Audição em Curitiba

Perda auditiva: o que é, quais são as causas e tratamentos

Existem diversas causas para a perda auditiva, desde barulho intenso, como perfuração do tímpano e doenças auditivas. Por isso, é ideal entender como é o funcionamento do ouvido e o que pode levar a prejudicar esse órgão tão importante.

Quer entender mais sobre o assunto? Nesse texto vamos explicar como funciona o ouvido humano e quais são as principais causas da perda de audição. Além disso, explicaremos quais são os sintomas e como identificar a perda com a audiometria. Por fim, mostraremos como essa perda pode prejudicar a sua vida social.

Como funciona o ouvido?

O ouvido possibilita a percepção dos sons. Ele é composto por três partes essências: a externa, a média e a interna. As ondas sonoras são coletadas e enviadas para a parte interna. Além de enviar os sinais sonoros para o cérebro, os ouvidos também são responsáveis por auxiliar no equilíbrio do indivíduo.

Sendo assim, esse órgão precisa de cuidados para que a pessoa não perca o sentido da audição. Entenda no tópico abaixo quais são as principais causas da perda de audição e quais doenças podem afetar o órgão.

Quais são as principais causas da perda auditiva?

Os fatores que levam a perda de audição estão relacionados a diversos fatores como a perfurações no tímpano, o uso indevido de tecnologia e a idade. Essa perda pode acontecer repentinamente ou de forma gradual. E as principais causas são:

Infecções

Um dos principais problemas que levam a perda de audição são as infecções não tratadas no órgão. Essas infecções podem ser causadas por vírus e bactérias como sintoma secundário de alergias e gripes fortes.

A principal infecção nesse órgão é a otite. Ela acontece no ouvido médio e normalmente é bem dolorosa, devido ao acúmulo de secreção na região. Comumente, as crianças são as mais afetadas pela otite, uma vez que nessa idade a sua imunidade é baixa. Se não tratada corretamente, ela pode levar à perda de audição do paciente.

Perfuração do tímpano

A perfuração do tímpano pode acontecer devido a otite média e outras infecções na região dos ouvidos. Ela pode acontecer também devido à inserção de objetos, como hastes flexíveis, grampos de cabelo e outros nos ouvidos. Em todos os casos, o paciente tem dores intensas de ouvido, sangramentos, coceiras e secreções amarelas.

Uso indevido de tecnologias

Principalmente entre os jovens, o uso de fones de ouvido pode ser prejudicial se o volume estiver alto ou for transmitido por várias horas seguidas. Esse tipo de lesão pode provocar a perda de audição irreversível e somente pode ser corrigida com o uso de aparelhos auditivos.

Barulho intenso

Outra causa comum da perda de audição é o barulho intenso, como o som de máquinas, furadeiras, guitarras e baterias. Nesses casos, se o som for de ambiente de trabalho o ideal é o uso dos EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) que devem ser fornecidos pela empresa.

Doenças auditivas

Por fim, a perda da audição pode ser ocasionada por algumas doenças, como a otite que já foi mencionada anteriormente. Além disso, as doenças mais comuns do ouvido são as seguintes:

  • Tinnitus;
  • Doença de Ménière;
  • Otite;
  • Otosclerose;
  • Neuroma do acústico;
  • Ototoxicidade;

Quais são os principais sintomas da perda de audição?

Mesmo que você pense que está ouvindo corretamente, há diferentes graus de perda auditiva que podem ser percebidos de acordo com os seguintes sintomas:

  • Fazer muito esforço para escutar o que outra pessoa está dizendo em uma conversa;
  • Escutar somente sons fortes;
  • Escutar e falar em ambientes ruidosos;
  • Ter dificuldade de identificar sons, como exemplo o som da TV a distância.

O que é audiometria?

Agora, para ter certeza do grau de perda de audição e quais ações devem ser tomadas após a sua identificação o certo é a realização do exame de audiometria. Para isso, o ideal é a realização de um exame tonal e vocal de audiometria. Após a realização do exame o médico classificará a escala auditiva da seguinte forma:

  • Até 25 decibéis: Sem problemas auditivos;
  • 26 a 40 decibéis: Perda auditiva leve;
  • 41 a 50 decibéis: Perda auditiva moderada;
  • 56 a 70 decibéis: Perda auditiva moderadamente severa;
  • 71 a 90 decibéis: Perda auditiva severa;
  • 91 a 120 decibéis: Perda auditiva profunda.
Perda auditiva - como tratar a perda ou redução da audição em Curitiba
Perda auditiva: como tratar a perda ou redução da audição em Curitiba

Ao longo deste texto explicamos tudo sobre a perda auditiva. Primeiramente, mostramos como é o funcionamento do ouvido humano. Depois, mostramos quais são as principais causas e doenças auditivas. Logo após, mostramos o que é audiometria e como a perda da audição pode prejudicar a vida social.

Gostou de entender mais sobre o assunto? Então não deixe de acessar outros textos do nosso site!

AGENDE SUA CONSULTA
Abrir Whatsapp
1
Agende sua consulta
Clique abaixo para saber mais detalhes pelo WhatsApp.